Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Zulma Maria de Medeiros

Ciências da Saúde

Medicina
  • biomarcadores como preditores de cura e recidiva da leishmaniose visceral entre pessoas vivendo com hiv
  • No Brasil existem poucos relatos sobre tratamento e seguimento de leishmaniose visceral em pessoas vivendo com HIV (LV/HIV), entretanto, essa parasitose é endêmica em 22 dos 27 estados, invadindo áreas urbanas e suburbanas, sendo mais prevalente no Nordeste do país. Poucos são os estudos que avaliam os métodos diagnósticos como critério de cura e como fator preditivo de reativação na coinfecção LV/HIV. A partir dessas lacunas a presente proposta tem como objetivo estudar os biomarcadores como preditores de cura e recidiva da leishmaniose visceral entre pessoas vivendo com HIV. Para obtenção de tais resultados será realizado um estudo de coorte envolvendo coinfecção LV/HIV em acompanhamento pelo SAE/CTA das Macrorregiões de Caruaru e nos hospitais do Estado de Pernambuco. Entrevistas presenciais serão realizadas para aplicação de questionário, revisão dos prontuários hospitalares, exame físico e coleta de material biológico para: pesquisa de anticorpo de Leishmania em soro - testes de aglutinação diretar e K39 - teste rápido e ELISA; citosinas; pesquisa direta de Leishmania; pesquisa de antígeno em urina e o PCR - kDNA, RFLP e qPCR. O acompanhamento será realizado antes e depois do tratamento, com seguimento de até três anos. Com os resultados obtidos na pesquisa espera-se que sejam aplicados aos sujeitos da pesquisa a identificação de biomarcadores precoce de recidiva e na redução da letalidade; na divulgação do conhecimento cientifico em eventos científicos e na publicação de artigos; na formação de recurso humano acadêmico e técnico, e na gestão de políticas públicas subsidiando as Gerências Municipais, Estadual e Federal no enfrentamento da coinfecção LV/HIV.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 15/05/2019-31/05/2022