Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Yule Roberta Ferreira Nunes

Ciências Biológicas

Ecologia
  • colapso das veredas no sertão mineiro: efeitos antrópicos locais e mudanças climáticas globais
  • As veredas são um tipo fitofisionômico do Cerrado que apresentam comunidades hidrófilas associadas à palmeira Mauritia flexuosa L.f. (buriti). São ambientes que desempenham um papel fundamental no equilíbrio hidrológico dos cursos d’água e possuem grande importância ecológicae papel social ímpar. Apesar das veredas serem reconhecidas como Áreas de Proteção Ambiental, a ocupação antrópica de suas áreas naturaistem levado à exaustão destes ambientes. As veredas no norte de Minas estão secando. Os condicionantes ambientais e sociais dessa região são bem diferentes de outras regiões do sudeste brasileiro. Essa região apresenta vários municípios com os piores IDHM de Minas Gerais e apresenta um clima bem severo, com grande período de estiagem. Assim, as perspectivas de alteração dos ambientes de veredas e o aumento da susceptibilidade as mudanças globais do clima da região mostram a fragilidade deste ecossistema. O principal questionamento que envolve esta proposta é: porque as veredas estão secando e quais as consequências da mudança deste ambiente para a conservação da biodiversidade? Assim, a implantação de um sítio do PELD se torna urgente, uma vez que o problema existe, é extremamente mal estudado, apresenta ampla importância, especialmente ecológica e social, e depende de um estudo de longa duração. Neste sentido, busca-se com este programa de longa duração conhecer a diversidade do ambiente complexo e vulnerável das veredas, nesta primeira etapa, com foco na flora e processos associados. Assim, iremos verificar se a vegetação típica das veredas está sofrendo retração ao longo do tempo, especialmente das florestas higrófilas associadas; comprovar se existe variação do balanço hídrico, com tendência ao rebaixamento do nível freático, conforme relatos de moradores locais e evidências científicas da vereda do Peruaçu; identificar a flora, estrutura e o potencial regenerativo das florestas higrófilas em veredas e se as condições atuais do regime hídrico determinam variação entre elas; identificar se os processos ligados a ciclagem de nutrientes, de dinâmica da floração e frutificação, sistemas sexuais e reprodutivos, como as síndromes de polinização e eficácia reprodutiva, e aspectos fisiológico e anatômicos das plantas variam entre as veredas que apresentam ou não secamento do seu curso d’água; e se espécies características e importantes como Mauritia flexuosa e Mauritiellaarmata mostram respostas adaptativas ou genéticas em relação às mudanças na paisagem e do clima nestes ambientes. A avaliação destes componentes poderá fornecer informações sobre as causas e consequências das alterações globais para a conservação do sistema e sobre as estratégias para minimizar o desaparecimento ou completa modificação das veredas no norte de Minas Gerais. Perspectivas futuras podem ser agregadas neste programa, pois o monitoramento do sistema se torna ímpar para que ele seja realmente entendido e para que dados de mudanças ao longo do tempo possam ser coletados.
  • Universidade Estadual de Montes Claros - MG - Brasil
  • 01/12/2016-30/11/2020
Foto de perfil

Yunier Garcia Basabe

Ciências Exatas e da Terra

Física
  • obtenção e caracterização de heterojunções híbridas orgânico/inorgânico tipo n-p baseadas em materiais bidimensional (2d) e polímeros semicondutores orgânicos
  • Neste projeto temos como objetivo obtenção e estudo das propriedades das heterojunções híbridas n-p orgânico/inorgânico baseadas em matérias bidimensionais (2D) tipo-grafeno e polímeros semicondutores orgânicos. O projeto se dedicará a desenvolver e aperfeiçoar os métodos de sínteses de heterojunções n-p combinando as propriedades ópticas, eléctricas e mecânicas dos materiais lamelares 2D com as dos polímeros semicondutores, assim como, estudar suas propriedades optoeletrônicas visando contribuir na área de eletrônica flexível. Serão estudados principalmente matérias semicondutores inorgânicos bidimensionais do tipo “Dicalcogenetos de metal de transição com siglas em inglês (TMDs) como componente tipo-n das heterojunções e polímeros semicondutores tipo-p derivados do poli(tiofeno) como componente orgânico. Os Dicalcogenetos de metal de transição serão obtidos por diferentes vias físicas e químicas: esfoliação mecânica, química e deposição por vapor em baixo vácuo (LP-CVD) sobre substratos de natureza diferentes. As heterojunções n-p TMDs/Polímero serão obtidas por evaporação térmica ou spin-coating. As amostras produzidas serão analisadas por espectroscopia Raman, microscopia eletrônica de varredura, espectroscopia de fotoelétron (XPS e UPS), espectroscopia de absorção UV/Vis, espectroscopia de absorção de Raios-X, Auger Ressonante, microscopia de força atômica e, espectroscopia de fotoluminescência. As propriedades elétricas serão estudadas em dispositivos como transistores de efeito de campo (FET) e células fotovoltaicas.
  • Universidade Federal da Integração Latino-Americana - PR - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Yuri Brunello

Lingüística, Letras e Artes

Letras
  • manuel botelho de oliveira e a “nova grecia”: a apropriação “brasileira” da itália da modernidade
  • Música do Parnasso é uma coletânea lírica publicada em 1705 por Manuel Botelho de Oliveira. Trata-se, segundo o próprio autor, da primeira antologia poética publicada de forma impressa por um brasileiro. Falando da Itália moderna, Botelho caracteriza-a - na sua dedicatória de abertura - como uma Grécia renovada: "Transformou-se a Itália em uma nova Grécia", e as musas "na mesma Itália se reproduziram no grande Tasso e delicioso Marino". A "nova Grécia" caracteriza-se por expressar duas distintas "formações discursivas": a virgiliana e a ovidiana. Virgílio é definido por Botelho como "famoso", enquanto o adjetivo escolhido por definir a arte do poeta das Metamorfoses é "elegante". Os dois modelos, o épico-virgiliano e o estético-ovidiano, segundo a particular leitura feita por Botelho na dedicatória, prolongam-se através da literatura de Tasso e de Marino, tanto que Botelho chega a individuar uma continuidade entre Virgílio e Tasso. A extensão desta modernização estética à Espanha e a Portugal implica uma desvalorização, dentro da reconstrução critico-narrativa de Botelho, da linha Homero-Virgílio-Tasso. A poesia portuguesa aparece caracterizada pelas "elegâncias" ovidianas, o próprio Camões inclusive, verdadeiro contra-Tasso do período maneiristico-barroco. Tudo isso será abordado ao longo do nosso projeto.
  • Universidade Federal do Ceará - CE - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Yuri Daniel Jatobá Costa

Engenharias

Engenharia Civil
  • modelos físicos laboratoriais para investigação de encontros de pontes integrais sob ciclos de deslocamentos laterais impostos
  • Pontes integrais são construídas sem juntas, unindo-se total ou parcialmente a infraestrutura, a mesoestrutura e a superestrutura. Esta tecnologia apresenta diversas vantagens, como maior durabilidade e menores custos de manutenção. As contenções e fundações de encontros de pontes integrais estão sujeitas a uma complexa interação com os aterros contidos, pois devem acomodar as movimentações laterais de dilatação e contração da superestrutura. A presente pesquisa tem por objetivo avaliar o efeito causado por ciclos de deslocamentos laterais impostos no comportamento do solo em encontros de pontes integrais, através de modelos laboratoriais em escala reduzida. Os modelos físicos serão concebidos para representar uma estrutura de contenção sujeita a diversos ciclos de deslocamentos laterais impostos. Será construída uma caixa de testes dotada de uma face móvel transladando lateralmente, de modo a permitir avaliar o fenômeno ratcheting no solo por meio da variação das tensões horizontais e deformações irreversíveis após seguidos ciclos de compressão e descompressão. Uma das paredes laterais da caixa será transparente, para mensuração de deformações na massa de solo aplicando-se a técnica de Correlação de Imagens Digitais (CID). Aspectos como amplitude de ciclos de deslocamentos laterais, densidade do solo e nível de sobrecarga serão estudados. O presente trabalho também contará com simulações numéricas, validadas a partir dos resultados experimentais, com o intuito de complementar os resultados de laboratório. Espera-se, com este trabalho, esclarecer importantes questões referentes ao comportamento de encontros de pontes integrais e contribuir com a difusão da tecnologia no Brasil.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Yuri Jacques Agra Bezerra da Silva

Ciências Agrárias

Agronomia
  • avaliação quantitativa e qualitativa de sedimentos em bacia hidrográfica representativa do bioma cerrado – região do matopiba, última fronteira agrícola do brasil: abordagem tradicional e utilização de traçadores geoquímicos com o método fingerprint
  • A bacia hidrográfica do rio Gurguéia está inserida na região do MATOPIBA, acrônimo dos nomes dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, foi institucionalizada como uma das mais relevantes para o desenvolvimento econômico do Brasil por meio do decreto presidencial 8.447 de 6 de maio de 2015. Dentre os principais municípios inseridos na bacia, destacam-se Gilbués, um dos principais núcleos de desertificação da região Nordeste e Uruçui, município com segunda maior área plantada de soja no estado do Piauí. De forma privilegiada, além da influência predominante do bioma Cerrado, um dos hotspots da biodiversidade, existe também uma extensa área do bioma Caatinga. Dentre os principais problemas observados na bacia do Gurguéia, destacam-se o despejo do esgoto não tratado diretamente no rio, desmatamento indiscriminado e o uso intensivo de fertilizantes e defensivos agrícolas. O uso indiscriminado do solo afeta o transporte de sedimentos em suspensão e de fundo. Esses sedimentos guardam na sua composição química as características das fontes, que podem ser provenientes de diferentes usos e atividades dentro da bacia, sendo, portanto, indicadores de qualidade do ambiente fluvial. Estudos que identificam as fontes de sedimentos e contaminantes em escala de bacias hidrográficas são escassos, apesar do reconhecimento mundial do método Fingerprint e da obtenção de resultados promissores na região Sul do Brasil. Nesse âmbito, a execução desse projeto visa responder principalmente as seguintes questões: Qual a origem dos sedimentos e dos elementos traços, maiores e terras raras associados aos sedimentos transportados em suspensão e no leito do rio? Quais são os traçadores geoquímicos adequados para as condições encontradas em uma bacia hidrográfica típica do bioma Cerrado? A atividade agricola está gerando contaminantes para o rio? Qual a principal fonte de sedimentos e contaminantes do rio Gurguéia? Para tal, pretende-se determinar o transporte e produção de sedimentos, quantificar a concentração e fluxo de elementos traços (Cu, Zn, Cd, Cr, Pb, Ni, Mn, Zr, Ti, Co, Ba, V, Li e Ga), maiores (Si, Al, Fe, Ca, K, Na, Mg e P) e terras raras (La, Ce, Pr, Nd, Sm, Eu, Gd, Yb, Lu, Dy, Er, Ho, Tb, Tm, Y, Sc) no sedimento em suspensão e de fundo, assim como discriminar as fontes de sedimentos e contaminantes transportados na bacia hidrográfica do rio Gurguéia. Os sedimentos em suspensão e de fundo serão coletados com os amostradores US DH 48 e US BLH 84, respectivamente. Os elementos traços e terras raras serão determinados por espectrometria de emissão ótica (ICP-OES). Os elementos maiores serão determinados utilizando um espectrômetro de fluorescência de raios-X. Para discriminar as fontes de sedimentos e contaminantes será utilizado o método Fingerprint. O projeto será realizado de forma integrada entre o Grupo de Pesquisa SOLOCER (Solos, Produção Vegetal e Qualidade Ambiental na Região dos Cerrados), grupo de pesquisa do proponente, com o grupo de Química Ambiental de Solos da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e o de Conservação do Solo da UFRPE, além da parceria com o Dr. Vijay P. Singh, “distinguish professor” da Texas A&M University. Espera-se com os resultados desse estudo: (i) auxiliar no estabelecimento das diretrizes iniciais para a elaboração de um plano de monitoramento e pagamento por serviço ambiental baseado no controle dos processos erosivos em escala de bacia hidrográfica; (ii) aumentar a compreensão dos efeitos dos diferentes usos do solo nos processos erosivos e, por conseguinte, auxiliar o comitê da bacia hidrográfica da bacia do rio Gurguéia; (iii) conscientizar agricultores e órgãos públicos acerca dos impactos das atividades agrícolas sobre um dos recursos hídricos mais importantes da região do MATOPIBA.
  • Universidade Federal do Piauí - PI - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020