Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

William Santos de Assis

Ciências Agrárias

Agronomia
  • núcleo de estudos agroecológicos ajuri: espaço de construção de conhecimentos agroecológicos.
  • O presente projeto de manutenção do NEA AJURI tem como seu objetivo maior consolidar, como espaço permanente de formação e reflexão, o núcleo NEA AJURI. Ao longo dos últimos dois anos, as ações desenvolvidas e parcerias construídas, ajudaram na criação de um espaço interdisciplinar de referência no desenvolvimento de ações integradas de Pesquisa, Extensão e Educação/Formação em torno de experiências sócio-produtivas junto à agricultura familiar na região amazônica, em especial o território nordeste do estado do Pará. Essa proposta mantém como público-alvo famílias de agricultores familiares que desenvolvem práticas agroecológicas e de produção orgânica nas mesorregiões nordeste e sudeste do estado do Pará. Soma-se aos envolvidos com a proposta, estudantes (ensino médio, graduação e pós-graduação); técnicos de ATER; professores e pesquisadores, dentro da rede de parcerias aqui proposta. Como estratégias de perenização do NEA AJURI, as ações propostas estão estrategicamente relacionadas: a) as relações institucionais, como espaços concretos de internalização das ações e reflexões trazidas pelo NEA; b) o apoio na formação/capacitação de sujeitos (profissionais de ATER, professores e estudantes, jovens agricultores e famílias rurais e suas organizações), através de: capacitações técnicas e metodológicas; valorização de experiências exitosas de agroecossistemas sustentáveis, através de processos contínuos de diagnósticos, levantamento, intercâmbios e sistematização; produção acadêmica sobre conhecimentos locais; apoio técnico na implantação de SAFs; animação de espaços de reflexão e valorização de conhecimentos locais; c) assessoramento a construção de circuitos curtos de comercialização a grupos de agricultores familiares em articulação com a PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO por meio da Feira da Agricultura Familiar nas dependências da UFPA, entre outros. O desafio se mantém como o de aproximar as ações de pesquisa, formação e ATER numa perspectiva agroecológica, por meio de uma dinâmica coletiva e interdisciplinar.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 01/02/2018-31/10/2020
Foto de perfil

Williame Farias Ribeiro

Ciências Exatas e da Terra

Química
  • determinação voltamétrica de contaminantes prioritários e emergentes em matrizes ambientais e alimentícias inseridas no vale do mamanguape-pb
  • A qualidade ambiental é a base para a preservação da vida das futuras gerações, sendo a água a substância que sustenta e permite a estruturação da sociedade humana. Nesse contexto, a temática dos contaminantes prioritários e emergentes tem despertado à atenção dos pesquisadores para pesquisas científicas no mundo todo sob os mais variados aspectos, visando o controle dos níveis de contaminação desses compostos nos diferentes compartimentos ambientais (solo, água e ar). Devido à natureza tóxica e carcinogênica dessas substâncias, o desenvolvimento de metodologias analíticas para sua identificação e determinação quantitativa em nível de traços em matrizes ambientais e de alimentos se faz necessário, uma vez que apresentam alta sensibilidade e seletividade, baixo custo e podem ser empregadas in situ, com vista a validação de metodologias para implantação de análises de rotina. Amostras de água, solo e de alimentos serão coletadas no entorno dos engenhos paraibanos, incluído os inseridos na região do Vale do Mamanguape-PB, e estocadas em condições adequadas. As amostras serão coletadas periodicamente ao longo do ano, para abranger períodos de colheita e pós-colheita permitindo a avaliação da ocorrência em termos de sazonalidade climática e de produção agrícola. Procedimentos para otimização das melhores condições de análise voltamétrica serão realizados, incluindo aqui tipos de eletrodos, modificações químicas, parâmetros voltamétricos, eletrólitos de suporte, solvente e métodos de extração. Espera-se com esse estudo, a implantação de metodologias analíticas eficientes, confiáveis, sensíveis e de baixo custo, que ofereçam à população paraibana métodos analíticos práticos e mais acessíveis para determinação e caracterização desses contaminantes, de forma a monitorá-los e investigá-los em ambientes que não recebem tratamento adequado.
  • Universidade Federal da Paraíba - PB - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022