Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Alex Lopes da Silva

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • efeito da redução do teor de proteína bruta do concentrado, ao longo da fase de aleitamento, sobre o desempenho de bezerros
  • O presente projeto tem como objetivo avaliar a influência da redução no teor de proteína bruta do concentrado sobre o desenvolvimento de bezerros de origem leiteira. Retornando informações acerca do consumo, desempenho e eficiência de uso do nitrogênio. Serão utilizadas 24 bezerros mestiços, com grau de sangue variando de ½ a ¾ Holandês×Gir e com idade inicial de 3 dias. O experimento será conduzido em um delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2×2; sendo 2 volumes de leite (4 ou 8 L/dia) e 2 estratégias de fornecimento de concentrado (convencional ou com teor decrescente de proteína bruta (PB)). A primeira estratégia consistirá no fornecimento de concentrado convencional com 19% de PB durante toda a fase de cria. Já os animais que forem submetidos à segunda estratégia de fornecimento de concentrado, receberão ração concentrada com 25% de PB dos 3 aos 20 dias de vida; com 19% de PB dos 20 aos 40 dias de vida; e com 14% de PB dos 40 aos 60 dias de vida. Desta forma, serão formados 4 tratamentos, os quais serão: 4 L/dia de leite e concentrado convencional (4L + CC); 8 L/dia de leite e concentrado convencional (8L + CC); 4 L/dia de leite e concentrado com teor de PB decrescente (4L + CD); 8 L/dia de leite e concentrado com teor de PB decrescente (8L + CD). Aos 15 e 45 dias de vida, os animais serão submetidos a ensaios de digestibilidade com coleta total de fezes e urina e amostragem de alimentos, com duração de 72 horas. O desempenho dos animais será avaliado através de pesagens realizadas utilizando-se balança mecânica e através de medidas biométricas. Serão realizadas duas coletas de sangue na veia jugular, a primeira no início do experimento (3º dia) e a segunda no fim do experimento (60º dia) para a quantificação do conteúdo de nitrogênio ureico no soro, glicose, insulina e IGF-I.
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alex Maurício Araújo

Engenharias

Engenharia de Energia
  • estudos da qualidade da energia gerada por aerogeradores de pequeno porte e seus impactos na geração distribuída
  • A proposta objetiva levantar/avaliar parâmetros técnicos de geradores comerciais para utilização em geração eólica de pequeno porte, visando obter suas características elétricas e de desempenho. Este projeto irá avaliar as operações em regime permanente, partida e seus efeitos elétricos na qualidade da energia, utilizando equipamentos de medição e softwares, para auxiliar na coleta de informações e análise dos resultados. A oportunidade do desenvolvimento de uma bancada experimental, para realizar tais testes, e a sua prática no Brasil justificam-se tanto pela necessidade de conformidade e aprimoramento técnico das atuais máquinas utilizadas, quanto por razões das atuais políticas públicas de incentivos que promovem a geração distribuída no país. Espera-se, neste projeto, obter experiências práticas com a utilização da bancada para aferir a energia entregue ao ponto de conexão pelo gerador, mostrando as principais falhas e apontar melhorias para mitigar seus efeitos.
  • Universidade Federal de Pernambuco - PE - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Alex Nogueira Haas

Ciências da Saúde

Odontologia
  • efeitos do tratamento periodontal em desfechos nefrológicos de pacientes pré-dialíticos: ensaio controlado randomizado de 12 meses de acompanhamento
  • O objetivo do presente estudo será analisar os efeitos sistêmicos do tratamento periodontal em pacientes com periodontite e doença renal crônica (DRC) em fase pré-dialítica. Este estudo será um ensaio controlado randomizado em paralelo e será conduzido com participantes que fazem parte de uma coorte de indivíduos com DRC nos estágios 3 e 4 que estão em acompanhamento no Ambulatório de Doença Renal Crônica (ADRC) do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Os exames e tratamentos odontológicos serão realizados no Hospital de Ensino Odontológico (HEO) da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (FO-UFRGS). O cálculo do tamanho amostral para esse ensaio clínico resultou em um total de 120 participantes, com 60 participantes por grupo. Os indivíduos serão alocados aleatoriamente em um grupo teste e controle. O grupo teste receberá tratamento periodontal não-cirúrgico padrão que consiste em uma sessão de raspagem, alisamento e polimento corono-radicular (RAP) e instrução de higiene bucal seguida de quatro sessões de raspagem e alisamento radicular subgengival (RASUB) em um período de até 15 dias. Também serão realizadas consultas de manutenção periodontal mensalmente nos primeiros 6 meses, e aos 9 e 12 meses, com remoção profissional de biofilme dental e orientação de higiene bucal. Os indivíduos alocados no grupo controle receberão tratamento tardio, ou seja, o mesmo tratamento do grupo teste, porém após o término dos 12 meses de acompanhamento do estudo. Para análise dos desfechos, serão realizadas coletas sanguíneas em ambos grupos no exame inicial, 3 e 12 meses após o tratamento periodontal. O desfecho primário desse estudo será a taxa de filtração glomerular (TFG) medida em ml/min/1,73m2. Outros marcadores inflamatórios serão avaliados a partir da coleta sanguínea: proteínas C reativa (PCR), interleucinas 1 e 6, fator de necrose tumoral alpha e fibrinogênio. Será utilizada uma análise de acordo com a intenção de tratar. Para análise do desfecho primário de TFG e concentrações sanguíneas de marcadores inflamatórios serão utilizados modelos lineares que levam em consideração a agregação de dentes no indivíduo e o caráter longitudinal do estudo. Médias e erros-padrão serão utilizados para expressar os desfechos sanguíneos e periodontais.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alex Oliveira Barradas Filho

Engenharias

Engenharia de Energia
  • aplicação de métodos estatísticos e computacionais na avaliação da qualidade de biocombustíveis
  • Na busca por combustíveis alternativos que possam substituir gradualmente os derivados de petróleo, os biocombustíveis vêm ganhando notoriedade mundial, especialmente o etanol e o biodiesel. No Brasil, a produção e o consumo de biocombustíveis têm sido crescentes desde a criação dos Programas Nacionais do Álcool (Proálcool, 1974) e Biodiesel (PNPB, 2005). No entanto, para que o biocombustível seja comercializado é necessário ter o controle rigoroso de fatores tais como alguns parâmetros físico-químicos, além de que muitos desses parâmetros de qualidade demandam a aplicação de determinados procedimentos experimentais demorados e dispendiosos. Esses inconvenientes gerados pelos modelos oficiais têm motivado a proliferação de métodos alternativos que visem o controle da qualidade dos combustíveis com custos menores e depreendam mais rapidamente os resultados. Dessa forma, a avaliação dos parâmetros de qualidade por métodos mais simples e eficientes, aliados à computação, significaria uma alternativa importante no controle de qualidade de biocombustíveis. Nesse contexto, o projeto propõe o desenvolvimento e a aplicação de métodos alternativos eficazes na avaliação da qualidade de biocombustíveis.
  • Universidade Federal do Maranhão - MA - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alex Rafacho

Ciências Biológicas

Fisiologia
  • impacto da exposição a pesticida organofosforado sobre a gestação, no pós-termo, nos fetos, e na prole adulta de ratos: busca por mecanismos de ação
  • Os pesticidas organofosforados estão entre os compostos mais empregados na agricultura e o seu uso em larga escala tem contribuído para a poluição ambiental e risco à saúde, incluindo casos crônicos e agudos de intoxicações, tanto em animais quanto em humanos. Estudos prospectivos sugerem uma relação entre a exposição direta ou indireta a pesticidas organofosforados, e.g., malathion, com o desenvolvimento de obesidade e diabetes mellitus tipo 2 (DM2) em indivíduos adultos. Em paralelo, tem sido demonstrado que a exposição a insultos diversos, como os poluentes ambientais, em períodos críticos do desenvolvimento (e.g., pré- e pós-natal), podem influenciar negativamente no peso corpóreo bem como resultar em disfunções metabólicas em períodos tardios da vida. Neste sentido, destacam-se as substâncias derivadas de atividades industriais, químicas, com potencial de causar desequilíbrio, interferência ou alteração no sistema endócrino, também denominados como disruptores endócrinos, entre os quais estão incluídos os pesticidas organoclorados e organofosforados. A exposição à tais compostos químicos durante períodos críticos do desenvolvimento podem ter efeitos permanentes e irreversíveis, com sérios impactos sobre a saúde durante a infância e a adolescência, e até mesmo para as futuras gerações, por meio de mecanismos de herança epigenéticas. Estudos preliminares obtidos em nosso laboratório revelaram um efeito tardio do malathion durante a gestação. Demonstramos que a ingestão de malathion por 21 dias, em período anterior ao início da gestação, resultou em marcante intolerância à glicose em ratas no período equivalente ao início do terceiro trimestre da gestação, mas não imediatamente ao término do tratamento. Até o momento, porém, não há nenhum estudo pré-clínico ou clínico que tenha avaliado detalhadamente o impacto da exposição a pesticidas organofosforados sobre a homeostase glicêmica ao longo da gestação com o foco na gestante, muito menos acompanhando se os eventuais desfechos são reversíveis no pó-termo. Ainda, nenhum estudo se estende aos fetos e a prole adulta numa única proposta, o que dificulta a interpretação do impacto nos diversos estágios e indivíduos supracitados. Assim, objetivamos avaliar quais as alterações bioquímicas e/ou morfofisiológicas podem decorrer da exposição a esta classe de pesticidas e o quanto destas potenciais alterações podem afetar o metabolismo da prole (fetos e adultos). Uma entre várias hipóteses é de que a exposição ao pesticida malathion, por um período que anteceda a fecundação (e.g., contexto que mimetizaria a exposição ambiental de mulheres no período pré-natal), impacte negativamente sobre a homeostase glicêmica durante a gestação e permaneça inalterada no pós-termo. Também hipotetizamos que os desfechos murinométricos e bioquímicos nos fetos e na prole adulta estarão afetados por esta exposição materna ao pesticida. Num primeiro momento, repetiremos os experimentos com as prenhes a fim de finalizar essas abordagens preliminares e estenderemos todas as abordagens nas prenhes até 2 meses ao pós-termo. Num segundo momento, avaliaremos parâmetros murinométricos, bioquímicos e morfológicos nos fetos e na prole adulta (ambos os sexos). Por fim, buscaremos avaliar o efeito direto do malathion sobre parâmetros moleculares e eletrofisiológicos das células beta pancreáticas com o intuito de revelar possíveis mecanismos de ação do malathion.
  • Universidade Federal de Santa Catarina - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alex Sander da Silva

Ciências Humanas

Educação
  • expressividades estéticas, decomposições imagéticas e constelações formativas em adorno e ŽiŽek
  • A ruptura com antigos parâmetros são realidades que se mostram cada vez mais presentes em nossa era de globalização capitalista. Estamos no limiar de um tempo em que, por um lado, se vislumbra a “apoteose” do progresso técnico-científico, com suas transformações organizativas, com seu caráter de transitividades do conhecimento. Por outro lado, nos deparamos com inúmeros aspectos problemáticos, que estão a gerar, em termos freudianos, um mal-estar civilizatório com guerras, fome, violência, crises em muitos graus e sentidos. A necessidade de reflexão para tais questões tornou-se uma marca central de uma educação atenta para com as problemáticas desse nosso tempo. Nesse horizonte, cabe algumas questões importantes: Como situar a educação no contexto dos problemas contemporâneos, tais como migrações, diversidades culturais, desigualdades sociais e políticas? Como pensá-la nesse momento em que floresce cada vez mais aspectos de barbárie civilizatória do que de emancipação humana? Que rumos podemos pensar para auxiliar na constituição formativa dos sujeitos contemporâneos? Desse modo, o presente projeto de pesquisa pretende se situar no âmbito das discussões atuais sobre os rumos da educação contemporânea num contexto de constituição de sociedades cada vez mais plurais e complexas. A proposta diz respeito em aproximar-se dos estudos sobre os atuais problemas civilizatórios, e de sua interferência direta ou indiretamente nas orientações teóricas-educacionais, a partir de um olhar descentrado do ponto de vista da produção do conhecimento educacional. O que isso significa? Significa buscar orientações teórico-metodológicas que possam indicar caminhos formativos na atualidade numa perspectiva ampla de análise e reflexão. A necessidade de reflexão para tais aspectos torna-se uma necessidade para situar a educação no horizonte dos problemas contemporâneos. Bem como, no modo de pensá-la nesse momento em que floresce cada vez mais aspectos de uma crise de referências do que aspectos consolidados de emancipação humana. Nesses termos, colocamos a seguinte problemática de pesquisa: Qual a potencialidade da expressividade estética na perspectiva da Teoria Estética de Theodor W. Adorno? E, em que sentido pode‐se associar o tema da expressividade estética de Adorno com a noção de paralaxe do filósofo Slavoj Žižek? Como ambas perspectivas contribuem para formulações de proposições para uma educação atual. Nesses termos, objetivo central da pesquisa é analisar obras Teoria Estética de Adorno (2007) e A visão em Paralaxe de Žižek (2008) em suas dimensões de indeterminação, justamente, como potência crítica para formação/educação na sociedade contemporânea. As obras desses filósofos têm alcances distintos, porém, serão interconectadas nessa pesquisa como mote de abertura para compreender as alterações e desafios da sociedade contemporânea. As experiências educativas, tomadas unicamente como meio e fim em si mesmas, tornam-se impedimentos à própria formação cultural, uma vez que ela mesma requer espontaneidade, imaginação e criatividade. A relação da educação com o tempo e o espaço pode diferenciar-se da rapidez do consumo e da maquinaria do mundo, pois este impede e controla a imaginação necessária à própria experiência formativa numa configuração somente de meios e fins. Nesse sentido, é possível pensar a educação como formação cultural se considerarmos as expressividades estéticas e suas decomposições imagéticas capazes de sistematizar experiências cumulativas dos sujeitos educativos (professores e alunos), de modo que sua compreensão da realidade ultrapasse o mero uso de esquemas conceituais pré-definidos no fazer educativo.
  • Universidade do Extremo Sul Catarinense - SC - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alex Sander Souza do Carmo

Ciências Sociais Aplicadas

Economia
  • os efeitos da internet no comércio internacional brasileiro: uma análise para produtos homogêneos e diferenciados
  • a partir dos anos noventa, com a popularização dos computadores pessoais, e mais recentemente, com a chegada dos smartphones, tablets, entre outras tecnologias de comunicação, a internet se popularizou no Brasil e no mundo, alterando profundamente a maneira com que as pessoas trocam mensagens, adquirem conhecimento, fazem amizades ou realizam as suas compras de produtos ou serviços. Apesar da internet fazer cada vez mais parte do cotidiano das pessoas e das empresas, praticamente, não existem estudos que analisam os efeitos da internet na economia brasileira, em especial, sobre o comércio internacional. Dessa forma, tendo como meta preencher essa lacuna, o presente projeto de pesquisa se propõe a analisar os efeitos da internet sobre o comércio internacional brasileiro, de produtos homogênes e diferenciados. A partir de um modelo gravitacional de comércio.
  • Universidade Estadual de Ponta Grossa - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alex Sandro Campos Maia

Ciências Agrárias

Zootecnia
  • viabilidade econômica e ambiental de estruturas de sombreamento com painéis fotovoltaicos para vacas leiteiras
  • A maior parte das 12 milhões de vacas leiteiras do rebanho brasileiro, que produzem 34 bilhões de litros de leite por ano, são manejadas a piquetes ou em confinamentos, enfrentando ao longo do ano condições de temperaturas do ar acima de 30°C e radiação solar superior a 800 W m-2 que causam estresse térmico, principalmente em animais de origem europeia e seus cruzamentos. O fornecimento de sombreamento artificial minimiza o estresse térmico melhorando o conforto térmico e o bem-estar dos animais, conforme mostraram vários trabalhos. No entanto, os custos de implantação de estruturas de sombreamento artificial tem sido a principal barreira para sua adoção. Inovar pode ser o caminho, gerando energia elétrica e sombreamento ao mesmo tempo para os animais utilizando painéis fotovoltaicos, pois o cenário é favorável. O preço dos módulos solares fotovoltaicos sofreu uma redução de aproximadamente 90% entre 2006 e 2016; a previsão futura indica uma queda anual por volta de 5,9%. Esse cenário torna a energia fotovoltaica viável e competitiva, além de ter as vantagens de ser renovável e não ter passivos ambientais. Assim, esse projeto quantificará (a) o impacto do sombreamento artificial utilizando painéis fotovoltaicos sobre o equilíbrio térmico de bovinos de leite (Holandês), (b) estimará a geração de energia elétrica dos painéis e (c) determinará a viabilidade econômica e os benefícios ambientais em se utilizar painéis fotovoltaicos para fornecer sombreamento artificial para a bovinocultura de leite brasileira. O impacto esperado desse projeto de pesquisa é em fornecer ao setor produtivo uma nova opção de estrutura de sombreamento artificial que produz energia limpa e renovável, enquanto melhora o conforto térmico e o bem-estar de vacas leiteiras e aumenta a receita financeira da propriedade.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alex Sandro Quadros Weymer

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • análise multinível de indicadores de eficácia de treinamento em sociedades cooperativas
  • O objetivo deste projeto é analisar a eficácia de treinamento em sociedades cooperativas a partir de uma perspectiva integrada de indicadores de desempenho, afetivos e financeiros. Para esse propósito, serão levantados dados a partir das 220 sociedades cooperativas do Estado do Paraná que participaram de treinamentos subsidiados pelo SESCOOP/PR (Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo), justificada pelo investimento significativo dos recursos do SESCOOP/PR em 2017 (40 milhões de reais) e da inexistência de um modelo que justifique tais investimentos como resultados para a cooperativa e satisfação do quadro social. A estratégia desta pesquisa caracteriza-se como misto, utilizando métodos quantitativos e qualitativos que permitirão o estabelecimento de relações causais entre as variáveis, além de aprofundar as explicações sobre as relações identificadas. Os dados quantitativos serão analisados utilizando a modelagem de equações estruturais por se tratar de uma técnica estatística com maior complexidade, cujo objetivo é explicar as relações entre múltiplas variáveis. Os dados qualitativos serão utilizados como interesse subjacente, com o objetivo de aumentar a capacidade de explicação das variáveis por meio da sistematização de categorias de análise. O quadro teórico-empírico se apoia especialmente no trabalho de Sitzmann & Weinhardt (2017), que estabeleceu conexões teóricas entre os critérios de avaliação do treinamento a partir de quatro taxonomias de avaliação, originando pressupostos e antecedentes que ainda não foram testados, e que precisam ser examinados e ajustados ao contexto do cooperativismo. O principal resultado esperado é o direcionamento para um modelo que possa mensurar a relação entre investimento em treinamento e desenvolvimento, não somente para verificar o retorno de investimento em termos financeiros, mas especialmente que permita equilibrar expectativas pessoais e organizacionais.
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PR - Brasil
  • 08/09/2018-30/09/2021
Foto de perfil

Alex Sandro Rolland de Souza

Ciências da Saúde

Medicina
  • evolução pré-natal e pós-natal das gestantes atendidas com rash cutâneo e microcefalia fetal
  • Introdução: a microcefalia é definida como sendo um recém-nascido ou feto com o tamanho do crânio abaixo da normalidade para a média da idade gestacional. Assim, é considerada quando o perímetro cefálico (PC) encontra-se abaixo do padrão das curvas apropriadas para idade e sexo. Recentemente, no Brasil surgiu a hipótese de associação da microcefalia a infecção materna pelo vírus da Zika. Objetivo: determina a incidência de microcefalia e descrever os achados dos exames complementares, a evolução pré-natal e os resultados pós-natal imediatos em gestantes atendidas com rash cutâneo e microcefalia fetal. Métodos: será realizado um estudo de coorte com 1.000 gestantes atendidas no Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira, IMIP, com infecção materna sugestiva pelo vírus da Zika e/ou com a síndrome congênita do Zika vírus, no período de agosto de 2016 a agosto de 2017. As variáveis estudadas serão as características sócio-demográficas e obstétricas; da biometria fetal pela ultrassonografia; do perfil sorológico da gestante (toxoplasmose, rubéola, citomegalovírus, sífilis, HIV, parvovírus B19, vírus da Zika, Chikungunya e Dengue); da ecocardiografia fetal; dos exames laboratoriais (hemoglobina, hematócrito, leucócitos, plaquetas, vitamina B12, ácido fólico, homocisteína e metilenotetrahidrofolatoredutase – MTHFR); da ressonância nuclear magnética fetal; da dopplervelocimetria; do histopatológico da placenta; do líquido amniótico; das características pós-natal do recém-nascido. Para a análise descritiva, serão calculadas medidas de tendência central e de dispersão para variáveis numéricas e construídas tabelas de distribuição de frequência para as variáveis categóricas. Para determinação da associação entre variáveis e a presença de microcefalia será utilizado o teste qui-quadrado de associação, ou o teste exato de Fisher, quando pertinente. Para avaliar a força da associação, será calculada a razão de risco e o seu intervalo de confiança a 95% (IC 95%). Em seguida, será realizada uma análise multivariada através de um modelo de regressão logística múltipla stepwise, hierarquizada, considerando-se os diferentes níveis de variáveis. Em todas as etapas da análise será adotado o nível de significância de 5%. Para as variáveis numéricas, o teste de t de Student será aplicado para comparação entre os grupos (rash cutâneo e microcefalia). E por fim, será construída uma curva das médias dos valores biométricos ultrassonográficos pela idade gestacional, para avaliar o crescimento fetal. Aspectos éticos: a pesquisa apresenta-se aprovada pelo comitê de ética do IMIP (CAAE: 52319115.1.0000.5201).
  • Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira - PE - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Alex Silva Ribeiro

Ciências da Saúde

Educação Física
  • efeitos de diferentes circuitos de treinamento com pesos sobre indicadores de síndrome da obesidade osteosarcopenica e saúde celular em mulheres idosas: um ensaio clinico controlado e aleatorizado
  • Introdução: O envelhecimento biológico vem acompanhado de modificações morfológicas, neuromusculares, dentre as quais podemos destacar aumento da gordura corporal, a redução de força e massa muscular que acarretam em prejuízos à saúde e qualidade de vida da população idosa. Neste sentido, o treinamento com pesos é uma estratégia recomendada para atenuar os processos deletérios induzidos pelo envelhecimento e promover melhora na saúde dessa população. Objetivo: Verificar o efeito de diferentes circuitos de treinamento com pesos sobre indicadores da síndrome da obesidade osteosarcopenica e saúde celular em mulheres idosas. Métodos: Mulheres idosas (≥ 60 anos), fisicamente independentes serão aleatoriamente separadas em três grupos, a saber: grupo treinamento em circuito com carga moderada, treinamento em circuito com carga leve e um grupo controle. O programa de treinamento com pesos irá ser realizado por um período de 12 semanas, com frequência de três sessões semanais, consistindo de oito exercícios. A força muscular será determinada utilizando o teste de uma repetição máxima, enquanto densidade mineral óssea, gordura corporal e massa muscular serão estimadas por densitometria radiológica de dupla energia, e o ângulo de fase será determinado por bioimpedância. Espera-se que as informações produzidas contribuam para um melhor entendimento sobre os benefícios proporcionados pela prática do treinamento com pesos, além de fornecer elementos sobre a prescrição adequada de treinamento com pesos para mulheres idosas.
  • Universidade Norte do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alexander Birbrair

Ciências Biológicas

Morfologia
  • a função das células gliais no desenvolvimento tumoral
  • A invasão perineural, descrita como um processo em que as células tumorais crescem e migram ao longo de fibras nervosas, está relacionada com o crescimento e propagação do tumor (Ayala et al., 2008; Villers, McNeal, Redwine, Freiha, & Stamey, 1989). Trabalhos mais recentes, entretanto, descobriram um fenômeno diferente, onde o tumor em si é infiltrado por uma rede de projeções nervosas recém-desenvolvidas que regulam a iniciação e progressão do câncer (Magnon et al., 2013). Esses dados elevam, assim, o conceito inovador de que, alvejando o sistema nervoso periférico no tumor, será possível obter uma nova abordagem para tratar o câncer. Por outro lado, pouco se sabe sobre as células estromais associadas aos nervos periféricos no microambiente tumoral. As células de Schwann mantêm a integridade dos nervos periféricos e formam a bainha de mielina, que permite a condução dos potenciais de ação. Após a lesão do nervo periférico, as células de Schwann podem assumir um estado reativo e começar a desdiferenciar, proliferar e mediar a regeneração do axônio (Scholz e Woolf, 2007). Nossos dados preliminares sugerem a presença de células que expressam a proteína ácida fibrilar glial (GFAP), um marcador de células de Schwann, no microambiente do tumor. Além disso, foi demonstrado que a depleção das células GFAP+ em proliferação aumenta o crescimento do tumor. Sendo assim, o presente projeto foi elaborado com o objetivo de elucidar os mecanismos pelos quais as células de Schwann são capazes de regular a progressão tumoral. A investigação de caminhos inovadores pelos quais as células que envolvem as fibras nervosas alteram o comportamento do câncer pode levar a uma abordagem terapêutica inovadora para tratar o câncer.
  • Universidade Federal de Minas Gerais - MG - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alexander Junges

Engenharias

Engenharia Química
  • extração de compostos bioativos de lúpulo empregando fluidos pressurizados
  • O lúpulo é utilizado na indústria cervejeira como um ingrediente que confere aroma e amargor. É considerado o “tempero da cerveja” e um dos mais significativos componentes na produção de cerveja, sendo a quantidade e o tipo do mesmo um parâmetro dificilmente revelado. No Brasil não existem condições climáticas adequadas à produção de lúpulo, no entanto existem estudos que mostram que a região Sul pode ser uma grande produtora da cultura. Por isso, todo o suprimento nacional é importado da Europa e/ou Estados Unidos. A forma mais comum de utilização do lúpulo é em pellets, pequenas pelotas de flores prensadas. Assim, é possível reduzir o volume de lúpulo a transportar e, ao mesmo tempo, manter suas características originais. Este ingrediente é adicionado em duas etapas da preparação da cerveja: pouco antes do mosto estar pronto (lúpulo de amargor) e quando ele está pronto (lúpulo de aroma). No entanto, nessas etapas ocorre também a fervura, onde grande parte de componentes aromáticos se degradam devido à alta temperatura. Assim, uma das maneiras de se manter os aromas é realizando a extração desses compostos do lúpulo (extrato/óleo), e, acrescentando posteriormente à fervura, sem a necessidade de processo de filtração. O processo de extração possui diversas aplicações na área de engenharia química, de alimentos e farmacêutica, entre elas a recuperação de fitoquímicos de interesse em matrizes orgânicas. A extração de compostos de fontes naturais é geralmente realizada por técnicas tradicionais, porém estas apresentam baixo rendimento, longo tempo de extração, necessitam grande quantidade de solvente orgânico e muitas vezes o uso de temperaturas elevadas acaba degradando o composto de interesse. Buscando superar estas limitações outras técnicas têm sido desenvolvidas, como a, extração com fluido supercrítico e a extração com líquido pressurizado, as quais apresentam inúmeras vantagens sobre os processos tradicionais. Desta forma, o presente projeto tem por objetivo geral a extração de compostos bioativos (extrato/óleo) de lúpulo empregando fluidos pressurizados.
  • Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões - RS - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alexander Machado Cardoso

Ciências Biológicas

Biotecnologia
  • cooperação internacional entre a uezo e o icgeb para pesquisa em biotecnologia e biologia computacional
  • A biotecnologia moderna deve contemplar, além do lucro, a preservação ambiental e o desenvolvimento social. A utilização de tecnologias microbianas para produção de alimentos, bioenergia e biorremediação está ganhando crescente demanda mundial, em termos de produção sustentável e proteção do meio ambiente. No entanto, pouco se sabe sobre a composição microbiana e suas potencialidades presentes nestes sistemas. Este projeto auxiliará na identificação, isolamento e caracterização de cepas microbianas e genes com potencial biotecnológico para a agroindústria, produção de energia sustentável e biorremediação, bem como ajudará na formação de recursos humanos na área ambiental promovendo intercambio científico entre a UEZO e o ICGEB.
  • Centro Universitário da Zona Oeste - RJ - Brasil
  • 01/12/2015-30/11/2019
Foto de perfil

Alexander Welker Biondo

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • micoplasmas hemotrópicos (hemoplasmas) conhecidos e novos: detecção e caracterização molecular em populações humanas em vulnerabilidade e seus animais domésticos
  • Os micoplasmas hemotrópicos (hemoplasmas) são bactérias distribuídas mundialmente afetando os animais domésticos e selvagens, além de seres humanos. Embora de potencial zoonótico, o risco de transmissão por animais domésticos em populações em vulnerabilidade tais como acumuladores de animais, moradores de rua, catadores e carroceiros de material reciclável ainda não está completamente estabelecido. Deste modo, o objetivo do presente projeto é identificar e caracterizar molecularmente espécies conhecidas e novas de hemoplasmas em amostras de sangue em populações humanas de vulnerabilidade e seus animais pela reação em cadeia da polimerase (PCR), bem como os fatores associados à possível infecção. Um total de 2.180 amostras representativas de sangue serão coletadas destes grupos populacionais e seus animais nas cidades de Curitiba e Foz do Iguaçu, Paraná, Brasil. O estudo envolverá ainda a coleta e identificação de ectoparasitas como pulgas e carrapatos, além de questionário epidemiológico a ser respondido pelos proprietários dos animais. As amostras serão submetidas a protocolos de PCR para detecção de fragmentos do gene 16S e 23S rRNA do gênero Mycoplasma e as amostras positivas serão submetidas ao sequenciamento. Indivíduos positivos serão rastreados quando possível para tentativa do isolamento do patógeno específico. Os resultados serão analisados estatisticamente quanto à positividade, correlação com o grupo populacional, espécie de animal doméstico, espécie de hemoplasma e os fatores de risco para infecção. Abordagem preventiva educacional e de intervenção serão adotadas, se necessárias, com base nos resultados e fatores de risco.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Alexander Wilhelm Armin Kellner

Ciências Biológicas

Zoologia
  • paleoantar - paleobiologia e paleogeografia do gondwana sul: inter-relações entre antártica e américa do sul
  • O registro fóssil da Antártica tem se mostrado de grande relevância para o conhecimento da paleobiota Austral, suas estratégias adaptativas e relações filogenéticas, desde o Cretáceo até o Paleógeno. Os organismos e suas relações filogenéticas são essenciais para se entender a respeito de padrões de distribuição biogeográficas. Com isso, constituem um registro fundamental para as reconstituições paleogeográficas e ambientais dos continentes gondwânicos, principalmente pela sua localização e identificação de barreiras geográficas. Somado a este está o registro geológico que abarca importantes informações acerca dos paleoambientes pretéritos da região antártica, sua paleoclimatologia e paleobatimetria oceânica, principalmente quando integrado ao estudo dos microfósseis e dados geoquímicos. Desta forma, a presente proposta visa realizar atividades de prospecção, coleta e análises laboratoriais de macrofósseis, microfósseis e rochas coletadas em perfis geológicos detalhados, com a finalidade de compreender a diversificação da biota e dos ecossistemas durante a evolução do Gondwana Sul, apontando para o entendimento das inter-relações entre Antártica e América do Sul, incluindo questões paleogeográficas. Para tal contará com equipe interinstitucional nacional e internacional coordenada pelo proponente, realizada em colaboração com pesquisadores do Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil, da China, Canadá, Chile e Inglaterra. A metodologia a ser utilizada é atual e específica para os tipos de análises a serem realizadas (detalhadas no projeto), contando com adaptações à natureza do trabalho na Antártica, baseado em experiências anteriores, havendo, ainda, a ampliação de novas técnicas que não haviam sido empregadas em versões anteriores do projeto (p.ex., geoquímica). O desenvolvimento dos trabalhos será um grande incentivo e oportunidade para a restauração do Museu Nacional/UFRJ, instituição que teve parte do seu acervo destruído por uma tragédia recentemente.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 25/12/2018-31/12/2022
Foto de perfil

Alexander Wilhelm Armin Kellner

Ciências Biológicas

Zoologia
  • evolução dos répteis voadores (pterosauria): análise e comparação das faunas da américa do sul e da china
  • A paleontologia é um dos ramos das ciências naturais que mais atrai a atenção da sociedade em geral. Das áreas que têm tido destaque está a paleoherpetologia, podendo ser observado um aumento significativo dos estudos enfocando répteis fósseis, em especial de países em desenvolvimento como a China, onde novos depósitos com grande quantidade de exemplares foram descobertos, incluindo restos de pterossauros. Também chamados de répteis voadores, esse grupo consiste nos primeiros vertebrados a desenvolverem o voo ativo, tendo vivido durante a Era Mesozoica, quando dominavam os céus do planeta. Mesmo tendo sido encontrados em depósitos de todos os continentes e conhecidos por mais de 200 anos, existe uma grande lacuna no conhecimento dos pterossauros. Entre os motivos para tal está o fato de que esse vertebrados são totalmente diferentes de todos os organismos viventes, sem formas semelhantes que pudessem auxiliar como modelos análogos. Assim, mesmo questões muito básicas a respeito desses animais, como aspectos fisiológicos e a relação das diferentes espécies que compõem esse grupo, ainda geram intensos debates entre os pesquisadores. Tanto o Brasil, mais especificamente os depósitos das formações Crato e Romualdo, como a China, onde são encontrados os depósitos do Grupo Jehol, têm fornecido nas duas últimas décadas não apenas uma grande quantidade de pterossauros, mas também material com uma preservação diferenciada, reunindo, inclusive, a preservação de tecido mole (biomineralizações). A maioria das novas espécies encontradas são representantes dos Tapejaridae e dos Anhangueridae ou a formas proximamente relacionados a esses clados, que acabaram se tornando os mais diversificados dentre os pterossauros derivados (reunidos no grupo denominado de Pterodactyloidea). Além destes, recentemente foram registrados em outras partes da América do Sul, especialmente na Argentina, novos exemplares de pterossauros que ainda não foram estudados e que preliminarmente indicam afinidade com as faunas do Brasil e da China. O presente projeto tem como objetivo contribuir para o estudo da história evolutiva dos pterossauros com base em uma análise e comparação detalhada das faunas de répteis voadores encontradas na América do Sul (em especial Brasil e Argentina) e da China. Também serão realizadas análises de biomineralizações e estudos paleohistológicos, pesquisas que ampliarão a fronteira de conhecimento na paleontologia, com potencial de ampla aplicação para o estudo dos fósseis a nível mundial. Ademais, o projeto visa estreitar as relações científicas entre pesquisadores brasileiros com cientistas da Argentina (principal parceiro do país no âmbito do MERCOSUL) e chineses, promovendo a internacionalização da ciência brasileira. Está previsto o auxílio na consolidação de núcleos de pesquisa envolvendo jovens pesquisadores, incluindo alguns atuantes em instituições científicas situadas na região Nordeste do país, através de uma efetiva interação com centros de excelência situados no Sul e Sudeste. Também está prevista a formação de especialistas brasileiros em paleontologia de vertebrados, incluindo trabalhos de conclusão de curso (monografias), dissertações de mestrado e teses de doutorado. Por último, cabe ressaltar que os resultados da pesquisa serão divulgados para a sociedade através de exposições e interações com a mídia, indo ao encontro da disseminação das ciências básicas e democratização do conhecimento científico no nosso país.
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Alexandra Acco

Ciências Agrárias

Medicina Veterinária
  • polissacarídeos do pimentão (capsicum annuum): abordagem quimiopreventiva e terapia adjuvante em células de tumor mamário
  • As neoplasias são um dos problemas mais complexos para a medicina, tanto humana quanto veterinária, dada a sua diversidade e magnitude epidemiológica e econômica. Dentre os tumores, os mamários são altamente prevalentes. Mais de 1,3 milhões de mulheres são diagnosticadas com câncer de mama a cada ano no mundo, sendo este também o tumor mais diagnosticado em cadelas, dos quais 50% são malignos. A quimioterapia é um importante componente da terapia anticâncer em humanos e em animais, mas está relacionada a muitos efeitos adversos. Assim, a quimioprevenção, definida como o uso de agentes naturais ou sintéticos para prevenir processos de carcinogênese, ganha destaque, especialmente quando proveniente de compostos bioativos. Neste contexto, o objetivo do presente trabalho é avaliar a atividade quimiopreventiva e o efeito adjuvante terapêutico de polissacarídeos extraídos do pimentão (Capsicum annuum, CAP). Em estudo prévio demonstramos que estas pectinas têm expressiva atividade antitumoral in vivo e in vitro contra células de tumores mamários, mas não há estudos de seus efeitos em quimioprevenção e em combinação com quimioterápicos já estabelecidos. Estes aspectos serão abordados nesta proposta, além da investigação das vias de transdução atreladas a estes efeitos nas células tumorais de Ehrlich em camundongos e tumorais humanas MCF-7, MDA-MB-231 e MDA-MB-436, todas de origem mamária. Serão avaliados neste estudo pré-clínico com CAP o desenvolvimento tumoral, vias de carcinogênese (estresse oxidativo, inflamação, morte celular e angiogênese), metabolômica e biomarcadores de toxicidade sistêmica. A análise metabolômica será feita em parceria com a Northumbria University, da Inglaterra. Através deste projeto, espera-se elucidar in vivo e in vitro os efeitos quimiopreventivos e adjuvantes à quimioterapia das pectinas do CAP, e assim propor uma alternativa terapêutica para tumores sólidos, especialmente mamários, em medicina veterinária e medicina humana. Esta abordagem, integrando ambas as medicinas, vai de encontro ao conceito “one health”, na qual uma espécie se beneficia dos conhecimentos gerados em outra espécie. Adicionalmente, a formação de recursos humanos em Farmacologia e Oncologia pré-clínica é uma meta implícita nesta proposta, pois em todas as etapas do projeto haverá a participação de alunos de pós-graduação e iniciação científica.
  • Universidade Federal do Paraná - PR - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alexandra Augusta Margarida Maria Roma Sanchez

Ciências da Saúde

Saúde Coletiva
  • alta mortalidade e causas de óbito nas prisões: o caso do estado do rio de janeiro
  • As 750.000 Pessoas Privadas de liberdade no Brasil (PPL), oriundas das camadas mais desfavorecidas da população, estão encarceradas em condições de altamente precárias, em celas superlotadas e insalubres. Esta situação é agravada pela degradação, nas últimas décadas, do sistema de saúde prisional e pelas dificuldades de acesso aos serviços extramuros, mesmo para casos de maior complexidade e emergências. Consequentemente, os recursos disponíveis não fazem face à morbidade, especialmente por doenças infecciosas, que é muito alta entre as PPL, como demonstrado em vários estudos publicados sobre o tema. Entretanto, a mortalidade nessa população é conhecida somente de forma parcial, através de dados agrupados informados pelos estados ao Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça, ou compilados por ONGs. O estudo piloto que realizamos nas prisões do Estado do Rio de Janeiro (RJ), onde a pesquisa que propomos será realizada, mostra taxa de mortalidade muito expressiva (50/100.000 PPL) para uma população jovem, 4 vezes superior à taxa de mortalidade média dos sistemas penitenciários dos outros estados do Brasil (13.6/10.000 PPL) e as causas dos óbitos, desconhecidas. Revelou ainda a grande fragilidade das informações disponíveis decorrente da inexistência, de registros adequados ao nível da administração penitenciária e da impossibilidade de se identificar a origem prisional de um caso de óbito a partir do Sistema de Informação de Mortalidade. Considerando a importância fundamental da mortalidade como indicador do estado de saúde e da assistência prestada às PPL e a inexistência de dados confiáveis, propomos: 1) avaliar as taxas de mortalidade geral e específicas por causas de óbitos nas PPL; 2) comparar essas taxas com as observadas na população geral do estado do RJ e; 3) descrever o fluxo da informação entre as diversas instituições envolvidas para identificar problemas nesse processo, visando corrigi-los e contribuir para o desenvolvimento de um sistema de vigilância eficaz. Trata-se de estudo retrospectivo de coorte não controlada para dimensionar a mortalidade geral e a mortalidade específica por grandes grupos de causas, após procedimentos de linkage de bancos de dados da administração penitenciária (SEAP) com o banco de mortalidade do estado (SIM/SES), complementados por fontes adicionais de informação. A população de estudo inclui todos os indivíduos encarcerados entre janeiro de 2016 e dezembro de 2017 nas unidades prisionais para adultos do Estado do Rio de Janeiro. Estima-se a ocorrência de cerca de 500 óbitos no período de estudo. As causas dos óbitos serão obtidas a partir do SIM e, para os casos em que a causa não estiver definida, será consultada a declaração de óbito e o laudo da necropsia, que deve ser sistemática para todos óbitos de PPL. Caso a causa do óbito permaneça indefinida, dados complementares serão buscados em prontuários de saúde da SEAP-RJ ou da unidade de saúde onde ocorreu o óbito. A descrição do fluxo da informação dos casos de óbitos entre as diversas instituições envolvidas e seu registro se dará a partir de levantamento documental e observação do campo, que permitirá identificar, para corrigir, as falhas deste sistema responsáveis pelas imprecisões relacionadas ao número de óbitos e suas causas. Os resultados desta primeira investigação em profundidade sobre os óbitos nas prisões, cujos resultados serão compartilhados com a administração penitenciária, órgãos da justiça e da saúde do estado do Rio de Janeiro, além de autoridades do nível federal DEPEM/MJ e MS), contribuirão, através do conhecimento da frequência, causas e local de ocorrência dos óbitos, para a reorganização dos serviços de saúde prisional e sua articulação com serviços de saúde extramuros, a fim de permitir a efetiva inclusão das PPL no SUS e reduzir a mortalidade nesta população.
  • Fundação Oswaldo Cruz - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Alexandra Garcia Ferreira Lima

Ciências Humanas

Educação
  • diálogos escolas-universidade: processos de formação docente e produção dos currículos nos cotidianos
  • O Projeto de pesquisa se desenvolve na área de currículo, cotidiano e formação de professores. Entende o cotidiano e as experiências vividas como centrais para o estudo dos processos e múltiplos contextos com os quais nos tornamos professores. Tem por objetivos investigar processos formativos e experiências em formação docente que articulem escolas e universidade e apontem caminhos para desconstruir representações demeritórias sobre escola e docência. Pretende-se levantar e estudar experiências com processos formativos buscando propostas que operem princípios de horizontalidade, dialogicidade e de produção mais coletiva e solidária dos saberes docentes. Visa produzir conhecimentos que contribuam para a formação de professores para a justiça social, produzindo caminhos teórico-metodológicos com os currículos diante das imprevisibilidades, heterogeneidades e complexidades dos cotidianos escolares. Quanto à metodologia, a pesquisa recorre às Pesquisas com os cotidianos e à autobiográfica. Dentre os métodos priorizados para o desenvolvimento da pesquisa, adotamos estratégias de estudo e intervenção que incluem rodas de conversa e produção de narrativas (escritas, fílmicas e orais) que trazem à tona as redes de produção de saberes entre os professores. Entende os currículos como espaçostempos potenciais para reabilitar os sentimentos e as paixões enquanto forças mobilizadoras da transformação social (SANTOS, 1995). Corrobora a compreensão do caráter coletivo dos processos de formação e as singularidades (NEGRI, 2003) na docência. Consideramos que os debates apresentados a partir da pesquisa podem contribuir para pensar os processos desenvolvidos nos currículos e em ações formativas com as escolas ampliando as reflexões sobre os diálogos escolas-universidade e as escolas, nossas compreensões sobre os currículos e a formação docente.
  • Universidade do Estado do Rio de Janeiro - RJ - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022