Projetos de Pesquisa

 

Foto de perfil

Adriana Campos Rozenbaum

Ciências da Saúde

Nutrição
  • bioprospecção de extratos, frações e substâcias isoladas de plantas frutíferas silvestres com potencial gastroprotetor e anticâncer
  • As plantas têm uma longa história de uso no tratamento de várias doenças, incluindo o câncer e desordens gástricas, como a úlcera péptica. A descoberta de subtâncias de origem vegetal que possuem potentcial gastroprotetor e anticâncer tem incentivado várias pesquisas nessa área. Com isso, o objetivo do presente estudo foi de obter extratos, frações e compostos puros a partir de plantas frutíferas silvestres (Abuta selloana, Eugenia brasiliensis e Plinia edulis) e avaliar o potencial gastroprotetor e anticâncer através de ensaios in vivo, bem como, estabelecer os possíveis mecanismos de ação. A obtenção dos extratos e frações será realizada através das metodologias convencionais de maceração e partição líquido-líquido. Para o isolamento e identificação dos princípios ativos, serão utilizadas técnicas cromatográficas convencionais, e técnicas espectrométricas usuais. Para a avaliação da atividade anticâncer, serão utilizadas duas metologias, indução da carcinogênese mamária e modelo de melanoma murino, ambas in vivo. A atividade gastroprotetora será avaliada através dos modelos de indução de úlcera aguda induzida por etanol e por anti-inflamatório não-esteroidal in vivo. A avaliação do mecanismo de ação gastroprotetora dos extratos, frações e substâncias isoladas será realizada pelas técnicas de ligadura de piloro (avaliação da secreção gástrica), doseamento de muco e quantificação de grupos sulfidrílicos não protéicos (glutationa reduzida, GSH), caracterização da atividade da Glutationa S-Transferase (GST), da atividade da catalase (CAT) e dos níveis de superóxido dismutase (SOD) na região Glandular Gástrica. Além disso serão analizados os mediadores inflamatórios e análise da PCNA, BAX e HsP70. Espera-se ainda disseminar os resultados da pesquisa em periódicos de impacto, selecionar os extratos, frações e substâncias com potencial terapêutico cujos resultados sejam promissores para produção de novos fitoterápicos seguros e eficazes e possibilitar a formação de recursos humanos especializados na área em questão.
  • Universidade do Vale do Itajaí - SC - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriana Costa Guimarães

Ciências Biológicas

Farmacologia
  • efeito do metilmercúrio no desenvolvimento embrionário e metamorfose de physalaemus ephippifer (anura, leiuperidae)
  • Nas últimas décadas vêm-se observando um declínio da população de anfíbios em diferentes regiões do mundo. Tal declínio pode estar relacionado com a contaminação do meio ambiente por metais pesados como mercúrio. A forma orgânica deste metal se encontra em ambientes aquáticos e é altamente lipossolúvel, podendo se acumular nos tecidos dos animais e exercer sua ação tóxica alterando todo o metabolismo do animal. Para as populações de anfíbios, que possuem um ciclo de vida com uma fase aquática e outra terrestre, a bioacumulação desses metais é estratégica, pois essas populações podem acumular esses metais, do meio aquático, e transportá-los para o meio terrestre. Em anfíbios, os poucos estudos existentes relatam os efeitos do metilmercúrio na fase de girino. Contudo, as fases da embriologia e da metamorfose são momentos críticos que as populações de anfíbios estão expostas a altas concentrações de metilmercúrio no ambiente e não são alvos destas pesquisas. Neste contexto, o nosso estudo tem como o objetivo de analisar os efeitos do metilmercúrio no desenvolvimento embrionário e na metamorfose de anfíbios, utilizando como ferramenta de investigação a microscopia óptica, eletrônica, imunohistoquímica e analises de genotoxidade. Com os resultados pretendemos gerar mais conhecimentos sobre os efeitos do metilmercúrio nessas populações.
  • Universidade Federal do Pará - PA - Brasil
  • 01/06/2017-31/05/2020
Foto de perfil

Adriana Cristina Cherri

Engenharias

Engenharia de Produção
  • problemas de corte de estoque: sobras aproveitáveis com incertezas na demanda e modos alternativos de produção
  • Os problemas de corte de estoque (PCE) são bastante estudados na literatura e apresentam inúmeras aplicações reais. Neste contexto, este projeto de pesquisa visa o estudo do problema de corte de estoque com sobras aproveitáveis (PCESA) e do PCE integrado a modos alternativos de produção. Além de ser um problema frequente nas empresas, o PCESA será abordado para o caso bidimensional e tratado do ponto de vista da programação estocástica, considerando incertezas nas demandas dos itens, situação que tipicamente pode ocorrer. O PCE integrado a modos alternativos de produção será abordado na indústria de construção, quando é possível atender a uma determinada ordem de produção de diversas maneiras diferentes. Os estudos desenvolvidos nesse projeto não são apenas uma aplicação inovadora na área de pesquisa operacional, como do ponto de vista metodológico, serão feitas contribuições originais, visto que modelos matemáticos serão propostos e métodos de solução serão desenvolvidos e implementados. Além das aplicações, este projeto apresenta contribuições teóricas que residem na investigação da metodologia para lidar com incertezas e com a teoria de multi-molde scheduling. Ainda, este projeto visa unir capacidades complementares dos membros do nosso grupo de pesquisa, com o intuito de apresentar uma contribuição teoricamente rica e aplicável a problemas reais, fortalecendo os laços universidade-empresa. O projeto também visa a divulgação dos resultados da pesquisa desenvolvida através de publicações em revistas e congressos. Por último, mas não menos importante, objetiva-se a formação de recursos humanos, visto que alunos de doutorado estão envolvidos nesta proposta.
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriana Cristina Ferreira Caldana

Ciências Sociais Aplicadas

Administração
  • agenda 2030 e o setor elétrico brasileiro: análise dos impactos e oportunidades de negócios.
  • Baseadas em uma nova estratégia de desenvolvimento, que engloba dimensões políticas, econômicas, sociais, tecnológicas e ambientais, as organizações têm buscado modificar suas escolhas estratégicas, seus direcionamentos, bem como seus atuais padrões produtivos. O paradigma da sustentabilidade modifica a maneira pela qual as organizações devem agir. Para a Organização das Nações Unidas (ONU), a empresa que quer demonstrar seu comprometimento com o Desenvolvimento Sustentável e adotar uma gestão sustentável deve se juntar à iniciativa do Global Compact (GC), implementando em suas práticas os objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) propostos. Em setembro de 2015, uma nova agenda com objetivos para o desenvolvimento sustentável foi formalizada, denominada Agenda 2030. A Agenda 2030 consiste em uma declaração com 17 ODS e 169 metas, além de uma seção sobre meios de implementação, parcerias globais, e formas de acompanhamento e revisão. Para auxiliar as empresas a alinharem suas estratégias com os ODS, foi criado o guia SDG Compass. O guia é desenvolvido com foco em grandes empresas multinacionais e explica como os ODS afetam o negócio, oferecendo as ferramentas e o conhecimento para colocar a sustentabilidade no centro da estratégia empresarial. Diante deste contexto, é pertinente entender como as empresas têm conduzido suas práticas de sustentabilidade, com vistas a atingir os objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS). Assim, esta pesquisa contará com abordagem qualitativa em profundidade, buscando compreender as empresas do setor elétrico brasileiro tem incorporado os objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) em suas políticas e práticas de sustentabilidade. O setor elétrico foi escolhido por ser um setor relevante para o país e para o Desenvolvimento Sustentável. A pesquisa em questão contará com múltiplas fontes de evidências e terá como ferramentas de coleta de dados entrevistas, dados setoriais, análises de documentos e instrumentos de gestão das empresas em estudo. Será elaborada uma matriz de materialidade que mostre quais ODS são mais relevantes para o setor estudado e em quais ODS o setor apresenta impactos positivos e impactos negativos. Será possível, assim, propor um framework de aplicação dos ODS no setor, baseado na metodologia do SDG Compass, de modo a gerar um protocolo de pesquisa a ser replicado nas demais empresas do setor selecionado para o estudo.
  • Universidade de São Paulo - SP - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022
Foto de perfil

Adriana da Fonte Porto Carreiro

Ciências da Saúde

Odontologia
  • propriedades mecânicas, biológicas e microbiológicas de próteses totais fresadas ou impressas: estudo in vitro e clínico
  • As Próteses Totais (PTs) continuam sendo uma importante opção de tratamento para pacientes que apresentam alguma restrição física, psicológica ou financeira, de modo que a crescente demanda prevista para os próximos anos reforçam a importância do aprimoramento das técnicas de confecção. Os novos recursos digitais de fabricação auxiliados por computador (CAD/CAM), vêm propiciando avanços na maneira de se confeccionar restaurações com rapidez e qualidade, diminuindo o tempo clínico, o número de visitas necessárias para a finalização de reabilitações protéticas, facilitando o processamento laboratorial e permitindo a confecção de novos trabalhos com base em arquivos digitalizados. PTs fresadas ou impressas tridimensionalmente por Digital Light Processing (DLP) apresentam características diferenciadas por utilizarem, respectivamente, blocos de PMMA pré-polimerizados sob temperatura e pressão controladas ou resinas fotopolimerizáveis por feixe de luz de alta resolução. Esses fatores podem repercutir nas características físico-quimicas, mecânicas, microbiológicas e biológicas. Em face dos escassos estudos acerca do comportamento de PTs produzidas através de tecnologia CAD/CAM seja por fresagem ou impressão 3D, essa pesquisa objetiva avaliar as propriedades em termos de textura superficial, estabilidade dimensional, resistência flexural, adesão de microorganismos e de biocompatibilidade destes materiais para determinar sua aplicabilidade, previsibilidade e eficácia, bem como acompanhar o comportamento ao longo do tempo das Próteses Totais produzidas pelos diferentes métodos, em termos de saúde dos tecidos intraorais, satisfação do paciente, retenção, estabilidade e performance mastigatória.
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte - RN - Brasil
  • 18/02/2019-28/02/2022